6 de dezembro de 2010

Inverno da Luz Vermelha - Paixão x Solidão

Para mim Arte não deve ter compromisso com Seu Ninguém, muito menos com moralismo, conscientização, catarse e afins. Mas quando deliberadamente provoca tais sensações, alcança seu objetivo mais nobre: emocionar. Vou confessar que fui ao teatro “sentar o sarrafo” na atuação da Marjorie Estiano – global merece! – mas fui surpreendido por um roteiro contundente, cenografia sóbria que, revelou interpretações memoráveis. E não me refiro ao significado notável da palavra, mas ao literal, MEMÓRIA. Esta menina ficará na lembrança, pois contraria nossas expectativas... A gente não tem um pé atrás com ator que se mete a cantar? Também, depois de Fábio Jr e Maurício Matar, pudera! Só que ela é mais; conseguiu a proeza de incorporar a puta sem cair na armadilha das caras e bocas: a famigerada piranha-de-beira-de-estrada. Sem contar que enche nossos olhos só de lingerie todo o primeiro ato. Falando em atos, a transição entre os dois únicos é outro ponto forte! Os diretores de cena invadem o palco e reconfiguram-no enquanto estamos vidrados na nudez dorsal do escritor cativante e nerd, Rafael Primot, ator desconhecido para mim. Porventura joga em cena com maestria ao lado do enfant terrible André Frateschi, divino maravilhoso, enCANTAdor em cena. Além da caracterização impagável, pegou o feeling da personagem sem muito esforço,– tipo underground é sua cara – já que é músico também. Juntos criaram um trio intrigante (triângulo amoroso) acima dos tabus levantados (prostituição, drogas, HIV), realmente dignos de um texto indicado ao Pulitzer (prêmio da universidade americana Colúmbia). As antíteses dramáticas dão suavidade ao desfecho denso. Saí melancólico, em pleno inverno, encarando a luz vermelha da saída de emergência, mas satisfeito da Arte mais uma vez ter cumprido seu papel. PS: sugestão Quadrilha de Drummond.

Por Alencaragão

2 comentários:

Carol Rodrigues disse...

Que orgulho de ter esse cabeçudo cheio de cultura escrevendo aqui! Que orgulho! Li 1357 vezes, só pra ter certeza de que estava publicado no CafoFo mesmo! #orgulhoforte

Alencaragão disse...

Ah... pára! Quem assina um blog de sucesso é você! Orgulho é meu pelo convite!

VOCÊ LEMBRA DISSO?

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...